quinta-feira, 28 de abril de 2011

II Curso Negro KILOMBAGEM - Capacitação para educadores



O Grupo Kilombagem está com inscrições abertas para o curso " II Curso Negro KILOMBAGEM". Este curso visa a capacitação de educadores, estudantes, pesquisadores e interessados em geral nas abordagens dos conteúdos propostos pela lei 10.639/03 (atual 11.645/08), que institui o ensino da História africana e afrodescendente nas escolas. O curso inicia dia 07 de maio, e  acontecerá em 15 encontros semanais, aos sábados.Os principais objetivos do curso são:
  • Apresentar estratégias de implementação lei 10.639/03 (atual 11.645/08)
  • Ampliar conhecimento sobre o conceito de Raça, Racismo, Preconceito e Cultura Afro-brasileira
  • Discutir as contribuições africanas para o desenvolvimento humano universal
  • Apresentar e discutir os elementos pedagógicos da cultura negra como expressão de resistência social;
Para maiores informações sobre  o curso e sobre o grupo Kilombagem , acessem a página do grupo.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Rainha dos raios, Senhora das Nuvens

Esta é Iansã. E para nós, nesta terra da garoa, oferto esta música maravilhosa, com duas vozes tão potentes: Rita Ribeiro e Maria Bethânia.

Oriki Oya/Iansã        
Escrito por Obanise Xandi.'.   

Oyà - Com Tradução a Cada Linha
Oyà A To Iwo Efòn Gbé.
Ela é grande o bastante para carrega o chifre do búfalo.
Oyà Olókò Àra.
Oyà, que possui um marido poderoso.
Obìnrin Ogun,
Mulher guerreira.
Obìnrin Ode.
Mulher caçadora.
Oya Òrírì Arójú Bá Oko Kú.
Oyà, a charmosa, que dispõe de coragem para morrer com seu marido.
Iru Èniyàn Wo Ni Oyà Yí N Se, Se?
Que tipo de pessoa é Oyà?
Ibi Oya Wà, Ló Gbiná.
O local onde Oyà está, pega fogo
Obìnrin Wóò Bi Eni Fó Igbá.
Mulher que se quebra ao meio como se fosse uma cabaça
Oyà tí awon òtá rí,
Oyà foi vista por seus inimigos
Tí Won Torí Rè Da Igbá Nù Sì Igbó.
E eles, assustados, fugiram atirando as bagagens no mato
Héèpà Héè, Oya ò!
Eeepa He! Oh, Oyà!
Erù Re Nikan Ni Mo Nbà O.
És a única pessoa que temo
Aféfé Ikú.
Vendaval da Morte
Obìnrin Ogun, Ti Ná Ibon Rè Ní À Ki Kún
A mulher guerreira que carrega sua arma de fogo
Oyà ò, Oyà Tótó Hun!
Oh, Oyà, à Oyà respeito e submissão!
Oyà, A P'Agbá, P'Àwo Mó Ni Kíákíá,
Ela arruma suas coisas sem demora
Kíákíá, Wéré Wéré L' Oyà Nse Ti È
Rapidamente Oyà faz suas coisas
A Rìn Dengbere Bíi Fúlàní.
Ela vagueia com elegância, como se fosse uma nômade fulani
O Titi Tí Nfi Gbogbo Ará Rìn Bí Esin
Quando anda, sua vitalidade é como a do cavalo que trota
Héèpà, Oya Olómo Mesan, Ibá Re Ò!
Eeepa Oya, que tem nove filhos, eu te saúdo!

Novo espaço Casa das Áfricas

Bom dia! A Casa das Áfricas está inaugurando um novo espaço na rua Jaciporã,nº 88, em Perdizes.
O novo espaço possui uma biblioteca mais ampla, uma área para exposições e consulta do acervo de cultura material, uma sala para palestras, e um café para os usuários. Realmente imperdível,não?!
É necessário agendar a sua visita pelo telefone: (11) 3801-1718 .
O funcionamento é de 2ª a 6ª feira das 09:00h às 18:00h.
Por enquanto, fiquem com a dica do site da Casa das Áfricas, onde vocês ficam sabendo das novidades sobre estudos da cultura africana e afrodescendente.  

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Deuses da África- visualidades brasileiras & Grande Mural dos Orixás – Carybé


São duas exposições em homenagem ao centenário de nascimento do artista Carybé, que serão inaugurada dia 28 de abril, no Museu Afro Brasil, a partir das 19h30. 
A exposição Deuses da África- visualidades brasileiras,une trabalhos de  artistas como Carybé, Mario Cravo Junior, Osmundo Teixeira, Zélia Pólvoa, Reginaldo e Hélio Oliveira, que retratam o universo simbólico do candomblé na Bahia, e conta com objetos trazidos de terreiros centenários e historicamente tombados.
Já a exposição Grande Mural dos Orixás – Carybé, traz 19 painéis com representações dos orixás cultuados na Bahia. Os painéis pertencem à coleção do Banco do Brasil BBM S/A, em comodato no Museu Afro-Brasileiro da Universidade Federal da Bahia. As exposições serão abertas ao público a partir do dia 28 de abril, ficando até 29 de maio. A entrada é gratuita. 

terça-feira, 19 de abril de 2011

Espetáculo Logun-Edé – Uma Pequena Yorubópera -


Vamos ao Teatro? Tragam as crianças para assistir a peça infanto- juvenil Logun-Edé – Uma Pequena Yorubópera, que está em cartaz no Teatro Imprensa. A peça, interpretada pelo grupo Pé de Moleque, um elenco formado por cantores/atores, conta a história de Logun-Edé, orixá adolescente, originário da nação Yorubá, e que carrega em seu mito a dualidade, a busca pelo novo, e a transformação advinda da busca.
Uma ótima oportunidade para unir jovens, teatro e cultura afro-brasileira não é?!
Para saber mais sobre Logun Ede, leiam aqui no blog o texto de Ivan Poli sobre este orixá. 

Endereço: Rua Jaceguai, 400 – Bela Vista – São Paulo
Data: Sábados às 16h
Tel: (11) 3241-4203
Preço: De R$ 15 a R$ 30

Lançamento Livro - Antropologia dos orixás


Olá para todos. Nosso caro colaborador Ivan Poli estará lançando seu livro " Antropologia dos Orixás"  no próximo dia 07 de maio às 12h30 , na Biblioteca Pública Monteiro Lobato, em Osasco. Para quem não puder comparecer dia 7 de maio em Osasco o livro já estará disponivel para compra no site da  Editora Acadêmica Terceira Margem  a partir do dia 27 de abril, na seção de Antropologia .  Com palavras do autor ,o livro tem por público- alvo " todos que lidam com cultura Africana em geral ,Historiadores, Educadores, Religiosos de todas vertentes que desejam aprofundar seus conhecimentos em cultura africana e interessados em geral em Ciencias Humanas e que desejam ampliar sua visao sobre temas relativos a cultura afro-brasileira, africana e identidade brasileira".
Para quem quizer conhecer mais sobre as pesquisas de Ivan, basta procurar seus textos no marcador "mitologia Yorubá através de Orikis", aqui no blog.  

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Congada na Virada Cultural

No SESC Pompéia! Neste fim de semana (16 e 17 de abril), a Lapa estará recebendo a Irmandade de N. Sra. Do Rosário de Justinópolis (MG) e o Maracatu Estrela Brilhante de Igarassu (PE). Segue a programação:

16/04, 18h00 cortejo da Irmandade (Moçambique)
            19H30 cortejo do Maracatu

17/04, 14h30 cortejo Irmandade (congada)
            16h00 cortejo Maracatu
            17h00 Jam de dança com comunidades e o Núcleo Pé de Zamba


segunda-feira, 11 de abril de 2011

Inauguração - Museu Afro Brasil



Olá, caríssimos. Dia 14 de abril é dia, ou melhor noite, de inaugurações de maravilhosas exposições no Museu Afro Brasil. Nós já postamos antes a programação, mas agora temos as imagens para atiçar sua curiosidade. 
A partir das 19h30, serão abertas para o público as exposições abaixo. Neste dia, haverá também o lançamento do livro “Homens de Ferro – Os ferreiros na África Central no Século XIX”, de Juliana Ribeiro. Não percam. As exposições vão até  29 de maio, com entrada gratuita.
 
















  
"Lutadores do Mundo - de Cesare Pergola";